fbpx
image A visão do marketing no novo perfil de consumidor

Preciso de um designer para abrir um negócio?

Preciso de um designer para abrir um negócio?

Você sabe qual é a real necessidade de se contratar um designer?

Bem, ao montar um negócio, o designer nem sempre é um dos primeiros profissionais a entrar na história. De fato, o que mais chama a atenção, em um primeiro momento, é a ideia em si, ou seja, sobre o que será o empreendimento. Realmente este conceito é algo empolgante, com o qual todos se preocupam e levam em consideração na hora de empreender. A questão é: após todo o processo de validação e desenvolvimento do negócio, como o público que irá consumir o produto ou serviço entenderá toda a ideia planejada?

Quando pensamos em algo e temos aquela sensação de que nos tornaremos grandes empreendedores, uma das primeiras atitudes é dar um nome ao projeto e o famoso “jeitinho” de pedir a um amigo, sobrinho ou até nós mesmos, para desenvolver uma logo. Afinal, não parece algo tão difícil e, muito menos, importante assim.

O mercado não nos permite ir de porta em porta, pessoalmente, explicar tudo o que uma empresa é e oferta, ele cresceu e está mais exigente. Com a internet se tornando cada vez mais presente na vida das pessoas, sendo uma ferramenta de grande influência em suas decisões, estar presente no dia-a-dia delas se torna ainda mais necessário. E se destacar, ser reconhecido e único em um mundo onde novas marcas surgem o tempo todo, cópias são criadas e falsificações nascem todos os dias não é uma tarefa fácil, demanda planejamento e dedicação de profissionais capacitados.

O que muitos não sabem é que, na maioria das vezes, o primeiro contato de uma marca com o público é através da logo ou de algum material gráfico – cartão de visita, folder, letreiro, site, etc. O que nos remete a um velho ditado: “A primeira impressão é a que fica”. Pois bem, como causar uma boa impressão e demonstrar que grande marca é esta? A resposta não é difícil, basta que se contrate um profissional qualificado,: um designer. Este profissional irá estudar o negócio, os objetivos e posicionamento de sua empresa;, baseado nesta pesquisa, deve elaborar um projeto, desenvolver a identidade visual e transmitir graficamente tudo isso da maneira mais simples e clara para que a marca fique, a cada contato, cada vez mais enraizada na mente do público.

O processo de criação e desenvolvimento da identidade visual de uma empresa vai muito além da logo ou do cartão de visita. Passa por um estudo detalhado, que envolve as principais características da empresa, sua essência, os objetivos de negócio, o público, as influências geográficas, os aspectos culturais, ou seja, uma série de variáveis para gerar um projeto que dará forma e função à identidade visual da marca. Toda a dedicação – tempo, capital financeiro, estudo, paixão, – envolvida, desde o processo de concepção até o surgimento do empreendimento, também deve ser levada em consideração.

Para se ter uma ideia da grande influência que as habilidades de um designer podem causar no entendimento de uma marca, é possível perceber sua área de atuação, o tipo de produto ou serviço oferecido, a qualidade a ser esperada, o público alvo, o preço dentre diversas outras evidências importantes.

Uma história muito interessante que ilustra o tema abordado:

Cliente:
– Oi, eu queria uma logo para empresa que estou abrindo. Ouvi dizer que sai por uns duzentinhos. Quanto você cobraria?

Designer:
– Depende. Para o que o senhor quer o logo?

Cliente:
– Ora essa, para usar nas coisas da minha empresa.

Designer:
– Coisas…?

Cliente:
– Cartões, notas, catálogos, website, uniformes, fachada etc.

Designer:
– Entendo, mas para quê o senhor quer por uma logo em tudo isso?

Cliente (já estressado):
– Ora, para todo mundo reconhecer minha empresa, para as pessoas verem essa logo e imediatamente saberem que é minha empresa, tipo a Nike ou a Coca-Cola.

Designer:
– Ué, mas o nome não é o suficiente? O senhor precisa gastar mais para ter um desenhinho no cartão e na fachada?

Cliente (possesso):
– Caramba, mas que diabo de designer é você? É lógico que precisa ter uma marca, uma logo, uma imagem, que todo mundo vai lembrar e que vai me ajudar a vender mais. Que vou poder pôr apenas isso em um monte de lugares e vai ser o suficiente para se fazer um marketing viral e vou economizar muita grana em anúncio e propaganda. Que todo mundo vai olhar e lembrar dos meus produtos.

Designer:
– Então o senhor sabe muito bem o valor do que quer e do que está pedindo. Sabe que uma logo bem feita não é só um desenhinho e que vai agregar valor a sua empresa e consequentemente aumento de vendas e faturamento. O senhor está adquirindo um produto tão importante quanto as suas máquinas e seus funcionários pois vai ser a cara, a identidade visual do seu negócio. O valor é R$ 5.000,00.

(autor desconhecido).

O que podemos concluir com toda esta história?

Sem os conhecimentos e habilidades de um bom profissional, os impactos negativos de uma identidade visual mal desenvolvida podem ser fatais. As pessoas podem não entender exatamente o que a sua empresa faz, sua marca pode passar despercebida, ou até mesmo a má qualidade do material pode refletir na percepção de desempenho de seu serviço. Uma marca bem desenvolvida gera valor e credibilidade a uma empresa.

Por isso, quando questionado sobre a necessidade de um designer no mundo do empreendedorismo a resposta é sempre muito simples: como você quer que sua empresa seja vista?

Se você quer saber mais sobre a nossa profissão, designer, pode agregar valor à sua marca, entre me contato comigo clicando aqui ou comente no final deste post.

Vamos conversar?

Related Posts
  • All
  • By Author
  • By Category
  • By Tag
1 comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.

WhatsApp chat Click para abrir nosso WhatsApp